Sabia que o intestino desempenha um papel importantíssimo no nosso organismo? Ele é o grande responsável pela nossa saúde imunitária. E tantas vezes nos esquecemos dele, e o tratamos mal. É no intestino que são absorvidos os nutrientes, pelo que um intestino saudável permite-nos manter a saúde. É importante tomarmos consciência dos cuidados que devemos ter com o nosso intestino, porque ele é, também, um órgão endócrino que nos regula hormonal e psicologicamente.

A microbiota intestinal, que é a população de bactérias que habita o nosso intestino, pode perder o seu equilíbrio, conforme os alimentos que escolhemos para a nossa alimentação diária. A microbiota intestinal tem influência no armazenamento de energia dos alimentos e na sua absorção, e está, por isso associada a doenças crônicas como a obesidade.

A dieta ocidental, caracterizada pelo consumo de hidratos de carbono refinados e substitutos de açúcares provoca alterações na microbiota e subsequentemente na nossa saúde. A exposição continuada destes alimentos pode causar disbiose (alteração qualitativa ou quantitativa da microbiota ou do microbioma intestinal), inflamação intestinal e até contribuir para o desenvolvimento de varias doenças metabólicas associadas à obesidade, e não só. Quando isto acontece, todo o nosso organismo fica suscetível a doenças consequentes de inflamação crónica.

Os erros que cometemos ao longo dos anos com nossa alimentação podem desencadear sintomas como alterações nas fezes, dores de cabeça, inchaço abdominal, diarreias/prisão de ventre ou baixa imunidade (indicativos de disbioses ou desequilíbrios da flora intestinal). À medida que envelhecemos, estes podem-se desenvolver em doenças mais graves (como fígado gordo, diabetes tipo 2, alterações metabólica, obesidade, doenças cardiovasculares…).

Portanto devemos tomar uma atitude, devemos melhorar os nossos hábitos alimentares em prol da saúde do nosso intestino, da nossa saúde!

👉 Evitar o consumo de produtos processados, gorduras refinadas/trans, açúcar, leite, pão, bolos, cereais geneticamente modificados.. 

👉 O consumo de prebióticos é importante e traz benefícios, entre os quais, promove a saciedade e perda de peso. Ocorrem naturalmente em alimentos como alho francês, cebola, espargos.

👉 Os probióticos são bactérias vivas que exercem benefícios no nosso organismo quando administrado nas quantidades apropriadas e podem ser encontrados numa série de suplementos alimentares, consulte aqui.

Leave a Reply