Prim

Prim Oxímetro de Dedo

O aparelho que efetua a medição da percentagem de oxigénio no sangue e da frequência cardíaca. De fácil utilização o oxímetro de dedo PRIM é um produto portátil de uso doméstico .

40,85

Esgotado

REF: 1003293 Categorias: ,

Oxímetro de Dedo PRIM modelo YK-81C.

Este oxímetro de dedo é um dispositivo médico inovador com características não invasivas e contínuas para detetar a Sp02 (saturação de oxigénio no sangue) e a FC (frequência cardíaca) arterial. Por ser portátil consegue medir os valores de Sp02 e FR de forma rápida e precisa.

Este oxímetro de dedo pode ser utilizado para medir a saturação da hemoglobina e a frequência cardíaca em humanos através do dedo. O produto pode ser utilizado no âmbito doméstico ou clínico (incluindo a utilização médica em medicina internista/cirurgia, anestesia, pediatria, cuidados intensivos, etc.), em organizações médicas sociais, para o cuidado físico desportivo (pode ser utilizado
antes ou depois da prática desportiva, não sendo recomendável a utilização durante a prática). Também é aplicável a alpinistas, pacientes convalescentes em casa ou que necessitam de tratamento de primeiros socorros, maiores de 60 anos. O produto não é adequado para monitorizar o paciente de forma contínua.

O Oxímetro de Dedo PRIM dispõe de um ecrã OLED a duas cores e consegue mostrar seis modos de visualização diferentes. De baixo consumo de energia, trabalho contínuo durante mais de 6 h, apresenta um indicador de pilha gasta. Na ausência de sinais, o produto desliga-se automaticamente após 8s. Função rápida visual e auditiva, em caso de valores abaixo do normal, surge um sinal sonoro. Pequeno, leve e prático de transportar.

Informação adicional

Peso 0.09 kg
Marca

Como Utilizar

  1. Mantenha premido o botão de bloqueio da tampa das pilhas e deslize-a horizontalmente para a abrir.
  2. Coloque duas pilhas AAA no compartimento antes de o fechar.
  3. Introduza completamente um dedo no orifício de borracha do oxímetro de dedo com a unha para cima e solte a pinça.
  4. Carregue no botão do painel frontal.
  5. Mantenha o dedo imóvel enquanto o oxímetro de dedo estiver a funcionar. É recomendável permanecer tranquilo e imóvel enquanto estiver a utilizar o oxímetro de dedo.
  6. Carregue no botão do painel frontal se quiser alterar a orientação do ecrã.
  7. Leia os dados no ecrã.
  8. Se não detetar qualquer sinal, o oxímetro de dedo desliga-se passados 8 s.
  9. Substitua as pilhas quando o ecrã indicar que estão a ficar gastas.

Introduza o dedo no oxímetro de dedo com a superfície da unha para cima.
Observação: Antes de cada prova, limpe a borracha com álcool. Faça o mesmo com o dedo antes e depois do exame. (A borracha do interior do oxímetro de dedo é de grau médico, ou seja, não tem toxinas, não é nociva nem provoca efeitos secundários como alergias na pele).

Precauções: Não utilize o oxímetro de dedo com equipamentos de ressonância magnética ou TC. Risco de explosão: Não utilize o oxímetro de dedo numa atmosfera explosiva. O oxímetro de dedo deve ser utilizado unicamente como um complemento na avaliação do paciente. Os médicos devem realizar o diagnóstico considerando também as manifestações clínicas e os sintomas. Comprove frequentemente o local de aplicação do sensor do oxímetro de dedo para se assegurar de que a circulação e a pele do paciente estão em boas condições. Não estique a fita adesiva enquanto utiliza o oxímetro de pulso para o dedo. Poderia provocar uma leitura inexata ou ampolas na pele. Leia o manual atentamente antes da utilização. O oxímetro de dedo tem uma função rápida de saturação do oxigénio no sangue, mas não é indicado para uma monitorização contínua. A utilização prolongada ou o estado do paciente podem requerer o reposicionamento periódico do sensor. Faça isto e comprove a integridade da pele, o estado Circulatório e o alinhamento correto pelo menos cada 4 h. As medições inexatas podem ser causadas pela autoclave, pela esterilização com óxido de etileno ou pela imersão dos sensores em líquido. Os níveis significativos de hemoglobinas disfuncionais (como carboxihemoglobina ou metahemoglobina) podem originar uma leitura inexata. Os corantes intravasculares como o verde de indocianina ou o azul de metileno podem provocar uma leitura inexata. As medições de Sp02 podem ser ver afetadas negativamente se houver uma luz ambiental elevada. Utilize uma toalha cirúrgica contra a luz solar direta para proteger o oxímetro de pulso se for necessário. Ação inesperada pode causar uma leitura inexata. O equipamento médico de elevada frequência ou a interferência causada pelo desfibrilador podem originar uma leitura inexata. As pulsações venosas podem causar uma leitura inexata. A hipotensão, a vasoconstrição grave, a anemia grave ou a hipotermia podem causar uma leitura inexata. Se for utilizado no paciente depois de uma paragem cardíaca ou se tiver tremores, pode produzir uma leitura inexata. As unhas brilhantes ou com esmalte podem causar leituras inexatas da Sp02.

Composição

  • Oxímetro de dedo
  • 2 pilhas AAA
  • Fita de transporte